aparelho dentário

Há diversos tipos de aparelho ortodôntico no mercado atualmente. Cada modelo tem uma finalidade, e as opções atendem todos os perfis de pacientes e bolsos. Graças a essa evolução, usar aparelho não é mais tão desagradável para quem não se sente à vontade de utilizar o modelo metálico.

Por isso, é cada vez maior o número de pessoas que recorrem ao tratamento ortodôntico, inclusive as mais velhas. Como os modelos mais modernos proporcionam visual agradável, a aceitação do tratamento por pacientes maduros, que já passaram dos 30 ou 40 anos, é crescente.

Além disso, tanto para as crianças quanto para os adultos, o uso de aparelho ortodôntico deixou de ser um tabu para a sociedade, e hoje em dia é possível inserir cores e adornos para facilitar a adesão dos usuários.

Quer conhecer 8 dos modelos de aparelhos dentários disponíveis, suas características e cuidados? Continue a leitura deste post!

1
Aparelho fixo metálico

Trata-se do tipo mais comum de aparelho, caracterizado pela presença de fios, bandas e bráquetes. Além disso, esse modelo necessita do uso das borrachinhas — que podem ser transparentes ou coloridas —, que tanto incomodam alguns pacientes.

A grande vantagem desse aparelho é que ele proporciona resultados bastante satisfatórios e é indicado para quase todos os tipos de desalinhamento dentário. A manutenção tende a ser tranquila, mas dependerá da disciplina do paciente.

A desvantagem é que o paciente pode sofrer com feridas na boca e nas mucosas. Sua higienização também pede bastante cuidados, caso contrário, a pessoa pode desenvolver cárie e doenças nas gengivas.

Em relação ao custo, ele é relativamente mais baixo do que em outros modelos, como o estético e o autoligado. Apesar de não ser o mais popular entre os adultos, as crianças e os adolescentes acabam gostando desse aparelho, pois podem mudar a cor das borrachinhas a cada consulta.

2
Aparelho fixo estético

Os aparelhos fixos estéticos se dividem entre os modelos de policarbonato, porcelana e safira. Contam com bráquetes transparentes, o que torna o acessório quase imperceptível, principalmente em longas distâncias.

Ainda, são um dos mais conhecidos quando o assunto é aparelho ortodôntico, uma vez que, no aspecto estético, têm uma boa apresentação. Além disso, já existem modelos mais discretos, que fazem o uso de bráquetes metálicos quase imperceptíveis. Tudo isso ajuda muito na hora de manter o tratamento e fazer com que o paciente tenha uma adesão plena.

3
Aparelho autoligado

O modelo autoligado também é confeccionado em metal, mas ele não necessita das borrachinhas coloridas. Isso porque o fio ortodôntico é preso diretamente no bráquete, o que torna seu uso mais confortável e discreto.

Outra vantagem desse aparelho é que seus bráquetes são pequenos se comparados aos do modelo convencional. Além disso, ele é mais efetivo do que os outros, o que torna o tratamento bem mais rápido. O melhor de tudo é que há a versão de aparelho autoligado estético, de porcelana e safira!

4
Aparelho lingual

O aparelho lingual, também conhecido como aparelho invisível, é idêntico ao modelo fixo tradicional, confeccionado em material metálico, com fios e bráquetes, além de necessitar do uso de borrachinhas. A única diferença é que ele é colado na parte interna dos dentes, o que possibilita que o paciente faça todo o tratamento sem que ninguém perceba que ele usa aparelho.

Além disso, esse modelo corrige diversos problemas, entretanto, como sua higienização é mais complexa, é mais indicado para pessoas que praticam esportes de alto impacto, como futebol e luta. Isso porque ele diminui os riscos de lesão no caso de o atleta receber uma pancada.

5
Alinhador transparente

Os alinhadores transparentes, também conhecidos como “aparelhos invisíveis”, são um dos modelos mais modernos existentes atualmente, pois são confeccionados com a ajuda de softwares específicos, sob medida, de acordo com a arcada dentária do paciente.

Dessa forma, eles se encaixam com perfeição na boca e, por isso, seu uso é praticamente, imperceptível. Ainda, esse tipo de aparelho não exige que o paciente vá ao consultório com tanta frequência, uma vez que a troca dos alinhadores — que são responsáveis pela movimentação dos dentes — é feita em casa mesmo, de acordo com as orientações do dentista.

Além disso, os alinhadores transparentes são removíveis e devem ser retirados na hora das refeições e da higiene bucal. Por isso, são recomendados para aqueles que são mais disciplinados quanto ao uso.

O aparelho invisível é bastante confortável, o que faz com que o investimento valha a pena, mesmo que o modelo seja mais caro que os demais. É válido saber que ele é indicado para casos mais simples de desalinhamento dentário.

6
Aparelho móvel

Como se sabe, o tratamento ortodôntico é baseado nas fases ativa e de contenção. A primeira é responsável pelo alinhamento da arcada dentária conforme o problema detectado pelo dentista, enquanto a segunda é importante para manter o resultado desejado.

Então, ao finalizar a fase de alinhamento da arcada dentária, para que os dentes não retornem à posição anterior ao tratamento, são usados os chamados aparelhos ortodônticos de contenção.

Assim, eles são indicados para todos os pacientes que já finalizaram a primeira etapa do tratamento, e o tempo de uso será determinado pelo dentista mediante avaliação periódica.

O modelo móvel, também conhecido como contenção ou contenção ortodôntica móvel, é uma estratégia muito utilizada quando o paciente está finalizando o tratamento ortodôntico. Depois de longos meses de tratamento com o aparelho fixo, chega a hora de utilizar esse acessório para garantir os resultados alcançados.

Ainda, quase todas as terapias com uso de aparelhos fixos utilizam o modelo móvel, com o intuito de manter os resultados e, assim, fazer a transição para ficar sem os modelos definitivamente.

Muitas pessoas têm dúvidas quanto ao tempo de tratamento com o aparelho móvel. Entenda que não existe uma regra básica e que cada caso é um caso. Normalmente, os profissionais pedem para que esse modelo seja utilizado, inicialmente, por 24 horas. Com o avançar do processo e a aquisição de maior estabilidade no tratamento, o uso passa, gradualmente, a ser diminuído, fazendo com que o indivíduo fique com ele apenas no período noturno.

7
Expansor palatino

O expansor palatino é um tipo de aparelho pouco conhecido pela maioria das pessoas. Ele é utilizado para corrigir a mordida do paciente ou aumentar o tamanho do palato — céu da boca. Ainda, é mais indicado para crianças, mas pode ser usado também por adultos, com a ressalva de que talvez seja necessária uma intervenção cirúrgica.

A função do expansor paliativo é ampliar o arco dentário e ajudar também no tratamento de doenças como o bruxismo, corrigindo o ranger dos dentes muito em consequência das mordidas cruzadas. Então, ele ajuda a reposicionar os dentes entrecavados e, com isso, facilita a mastigação.

8
Aparelho extrabucal

O aparelho extrabucal é menos discreto do que a grande maioria dos outros modelos. A questão estética é um dos principais inviabilizadores do uso desse modelo, entretanto, seu uso é muito importante e pode evitar a necessidade de procedimentos cirúrgicos ou extrações de dentes.

A função do aparelho extrabucal é aplicar uma força mais elevada sobre os ossos da face/cabeça. Além disso, podem existir dois objetivos básicos com essa terapia: estimular ou restringir o crescimento.

Ainda, são muito utilizados em pacientes que estão em fase de crescimento. Daí a facilidade em se moldar o crescimento ósseo, principalmente nas fases iniciais da infância. Ou seja, dos 5 aos 10 anos de idade, ocorre muito o uso desse tipo de aparelho ortodôntico.

Um detalhe que merece importância é o fato de que a criança precisa utilizar o aparelho por um longo período de tempo durante o dia, inclusive no período escolar, o que pode ser desconfortável para ela diante de seus colegas.

Com isso, a conscientização e a conversa familiar são fundamentais para que o tratamento alcance o resultado esperado. Outra estratégia é adquirir os modelos coloridos para amenizar o visual na criança.

Como escolher o melhor tipo de aparelho?

Na realidade, nem sempre é o paciente que decide qual aparelho vai usar durante o tratamento. Isso porque cada modelo é indicado para um caso específico e, por isso, a palavra final é sempre do dentista. Então, mesmo que você queira usar um modelo móvel, por ser mais confortável e discreto, só poderá fazê-lo de acordo com as recomendações do profissional.

Casos mais severos de desalinhamento dentário pedem o uso do aparelho fixo, pois por meio dele o dentista tem um controle maior das movimentações dos dentes do paciente. Com o passar do tempo e da evolução clínica obtida pelas imagens radiológicas, outros modelos podem ser recomendados.

Vale ressaltar, ainda, que todos os tipos de aparelho ortodôntico aqui citados oferecem excelentes resultados. Além disso, independentemente do modelo escolhido, os cuidados com a higiene bucal devem ser redobrados, pois os aparelhos fixos contribuem para o acúmulo de resíduos alimentares na boca.

Ver outras especialidades
Implante dentário
Implante dentário

Suporte de titânio para coroas dentais e próteses totais que recuperam a função mastigatória e a estética do sorriso e da face.

Programa de Prevenção
Programa de Prevenção

Lorem ipsum dolor sit amet elit sed

Placa de bruxismo
Placa de bruxismo

Lorem ipsum dolor sit amet elit sed

Lentes de contato
Lentes de contato

Lorem ipsum dolor sit amet elit sed

Tratamento de canal
Tratamento de canal

Indicado quando a polpa está infeccionada ou morta, e isso ocorre principalmente nos casos em que a cárie é profunda, fraturas ou traumas.

Aparelho dentário
Aparelho dentário

Prateados, coloridos, transparentes ou até mesmo invisíveis, servem para corrigir problemas de má oclusão.

Odontologia Hospitalar
Odontologia Hospitalar

Lorem ipsum dolor sit amet elit sed

Clareamento

Lorem ipsum dolor sit amet elit sed

Remoção de cáries

Lorem ipsum dolor sit amet elit sed

Harmonização facial
Harmonização facial

Conjunto de procedimentos estéticos combinados para melhorar a harmonia do rosto, como botox e preenchimento com ácido hialurônico.

Extração dos sisos
Extração dos sisos

Lorem ipsum dolor sit amet elit sed

Prótese dentária
Prótese dentária

Lorem ipsum dolor sit amet elit sed

Atendimento infantil
Atendimento infantil

Lorem ipsum dolor sit amet elit sed

Tratamento das gengivas
Tratamento das gengivas

Lorem ipsum dolor sit amet elit sed